Projeto Hiperbreves

“Projeto Hiperbreves”  é uma página no Facebook, que tenta buscar um meio de incentivar a leitura. É fato: blogs estão morrendo, textos longos não atraem e é preciso se adequar. A ideia é agregar vários escritores que entendem a nova dinâmica da era virtual, que implica em textos coesos e curtos. Andréa BianchiCarla DiasCatharina MeloClaudia LettiDébora BöttcherFausto RêgoMônica BonfimPatricia Daltro e Raul Lessa fazem parte do grupo inaugural. 

Hiperbreve é uma forma narrativa caracterizada principalmente por sua extrema brevidade. Criado possivelmente pela literatura espanhola, oficialmente são considerados Hiperbreves  textos que não tem mais de 140 caracteres (limite permitido pelo Twitter – contando letras, espaços e pontuação) ou 150 (em relação à possibilidade de uso em mensagens via SMS). Ernest Hemingway já escrevia Hiperbreves – seu mais famoso é “Para Venda: Sapatos de bebê sem uso.” –, mas hoje, como se vê, eles tem uma estreita relação com as novas tecnologias.

Eles devem atender a certos requisitos; no caso desse projeto, a história contada deve ter, obrigatoriamenteaté 1000 caracteres (não palavras)em parágrafo único – contando letras, espaços e pontuação -, narrados emterceira pessoa, ilustrados. Mas o resultado final deve ser a capacidade de provocar interesse e surpresa ao leitor usando o mínimo de recursos.

Esperamos que curtam nossos Hiperbreves: os “Contos e Devaneios de Minuto”.

Visite o site.

face

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s